Esperando um milagre

Esperando homem perfeito

Há mais ou menos 30 anos, sim, você leu corretamente, 30 anos atrás, numa conversa com minha “turma” – o que se chama de galera atualmente – discutíamos o futuro. Quem ia se casar com quem, quando e como. Aquelas conversas que temos quando estamos de bobeira.

Aí uma amiga, acho que a mais bonita de todas, disse em alto e bom tom: Quem escolhe muito, acaba sendo escolhido ou simplesmente ficará sozinho.

Ela falou isso quando nós os meninos brincávamos de idealizar a loira perfeita. Éramos um bando de galinhas, natural para a idade e, portanto, a brincadeira era justamente essa, achar a mulher perfeita em tom de ironia. As meninas, ao contrário, sonhavam com o príncipe encantado, independente de ele ser loiro, alto e de olhos azuis, valia de tudo, morenos, negros, asiáticos, altos, baixos, pouco ou muito acima do peso. O que interessava a elas era que ele fosse O Cara, o perfeitinho.

Deveria ser educado, inteligente, sensível, gostar do Roberto Carlos, assistir sessão da tarde com pipoca numa das mãos e lenço na outra, enfim, elas queriam um chato de um homem metido a gay.

Passado o tempo, a tal amiga que deu o tiro no próprio pé está até hoje solteira. Sim, isso mesmo, ela bateu nas pedras, encalhou. Justo ela que proferiu a frase célebre, justo ela que foi a quem mais procurou o “cara perfeito”.

Mulheres são mais seletivas do que os homens, em teoria. Na prática quando elas estão perto do que chamo de Síndrome de Encalhe, acabam se casando com qualquer “coisa” porque a sociedade e a família cobram isso delas. As de maior personalidade não sucumbem a essa expectativa imbecil das famílias e seguem sonhando com o príncipe do cavalo branco.

Mas afinal, existe esse ser perfeitinho? Se existir, podem apostar, será o cara mais chato desse mundo e mais, ele será pego por ela e não ela por ele. E mulher gosta de ser pega.

O que acontecerá depois é que ela provavelmente se casará com esse mala e em pouco tempo arrumará um amante de pegada mais firme. E esse amante será o mais longe possível do tal cara perfeito.

É engraçado analisar isso porque as mulheres são tão indecisas e tão confusas com suas própria idéias que elas esperam o perfeitinho, mas amam o erradinho. Se casam com os chatos, mas se entregam mesmo à paixão que sentem pelos erradinhos.

Elas exigem tudo do bom e do melhor e sonham com isso. O outro lado não é bem assim, afinal, o que uma mulher que sonha com a perfeição tem a oferecer a nós homens? Pouca coisa, eu diria. Elas estão tão longe da perfeição como qualquer outro ser, afinal, o que é ser perfeito? Existe isso? É óbvio que não.

Os homens se adaptam melhor a elas, é um fato. Elas querem mudar os imperfeitos e também os quase perfeitos caso os encontre. Mulher é mesmo um bicho esquisito como bem cantou a Rita Lee.

Se o cara for erradinho demais elas querem transformá-lo num bolha. Se forem bolhas elas querem que ele desenvolva a veia do pegador, aquele que coloca na parede e as trata como fêmeas. Sim, todas elas querem um bicho e que as trate como tal na hora do sexo.

No fundo todas elas estão erradas, as que querem mudar o homem e as que querem ficar sentadas esperando pelo ser mais perfeito da Terra.

Eu acho que uma relação tem que ter como base a adaptação. Ou ainda, as relações têm que ser consumadas com seres da mesma espécie. Se ela for do tipo papai mamãe deve encontrar um cara também assim. Se ela for do tipo mais selvagem, deve ir atrás do cara mais Uga Uga.

O problema amigos é que todos nós nos relacionamos com seres opostos, por coincidência ou mesmo por uma força inconsciente que nos move nessa direção. Vai ver acreditamos que os opostos se atraem…

Podem até se atrair num primeiro momento, nem que seja pelo desafio mudar o outro, mas com o passar dos anos, vão fatalmente se repelir

Qual a saída? Aos inconformados digo que devem ir atrás de seres semelhantes, quanto mais melhor. Aos conformados, falo para sentarem num banco de uma praça qualquer e esperar, esperar e esperar. Quem sabe um dia alguém apareça para cortar as teias de aranha e te libertar dessa eterna espera…

MM

Publicado em Ego. Tags: . 11 Comments »
%d blogueiros gostam disto: