Mundinho Sujo…

lixao

Nesse mundinho raso em que vivemos as pessoas falam o tempo todo em respeito. Não é verdade? Os hipocritamente corretos então, nem se fale, ai de você se ousar discordar deles. Opa, espera um pouco, há um sinal aí.

Quer dizer que as pessoas hoje em dia odeiam que discordem delas. Ah, entendi, então as pessoas só respeitam as opiniões alheias se estas forem iguais às suas, é isso? Bacana… nada mais justo numa sociedade que costumo chamar de “Sociedade do Eu”.

Sim, vivemos numa sociedade do eu, por mais paradoxal que isso possa parecer, afinal, entende-se, pelo menos se entendia, por sociedade, algo coletivo.

A coisa vai longe, não há mais limites.

Por exemplo, dizem que não devemos julgar os outros e o que fazemos? Julgamos. Não negue, não tente dizer que “você é diferente” porque vai acabar se enganando. Todo mundo julga o tempo todo! Traduzindo, o que importa é o que cada um acha sobre qualquer coisa não se importando com o fato em si.

Dizem, em teoria, que devemos respeitar as opiniões dos outros. Em teoria. Na prática, as pessoas querem mesmo é impor as suas. Não conseguem entender que não existe opinião certa ou errada, existe opinião diferente. E, claro, existe o fato que é a única coisa que deve balizar uma opinião.

Mas hoje em dia a coisa mudou, se alastrou. As redes sociais deram voz a todo mundo, o que, no meu entender, deveria ser ótimo. Mas na prática… a teoria é sempre outra.

O que se vê por aí, por exemplo, é gente julgando textos sem sequer saber escrever corretamente. Claro que pode-se gostar ou não de um texto. Óbvio que sim! Entretanto, vejo gente julgando os autores sem sequer ter a capacidade de compreensão de texto, basta analisarem as pesquisas sobre o tema. Que tal aprender a ler, a escrever e depois se meter a falar sobre… bem, sobre qualquer coisa.

Eu leio muito e adoro me divertir lendo os comentários de textos, não só sobre os meus, dos outros também. Comento muito pouco, mas adoro ler. Deve ser algum distúrbio masoquista.

Dia desses vi uma ótima colunista do jornal O Estado de São Paulo, que escreve sobre comportamento, ser chamada de tudo quanto é nome só porque escreveu um texto jogando a verdade na cara dos leitores.

E se tem uma coisa que aprendi nessa vida é que o ser humano, aquela raça dita inteligente, odeia a verdade! E odeia quem tem personalidade forte também.

A tal colunista é séria, gosto demais do que ela escreve, embora nem sempre concorde com ela. O que é absolutamente normal, concordar ou discordar faz parte do jogo. Ainda bem!

Mas xingar? Execrar? Falar um monte de asneiras? Isso vale? Bom, reza a lenda que nos dias de hoje pode-se tudo. Por mais policiamento que haja nas redes, a verdade é que quem comenta pode tudo. Ok, mas esses que podem tudo só não aguentam o tranco da volta.

Por exemplo, essa colunista que mencionei, deu uma resposta dura a um comentário ridículo num de seus recentes textos. Pronto, recebeu uma enxurrada de críticas. Claro, essa gente que tem cabeça só para separar as orelhas, acredita que podem falar o que bem entendem sem receber respostas. Odeiam ser contrariados, pior, morrem de medo de serem confrontados com argumentos, o que foi o caso. Lamentável.

O Brasil precisa de educação, mais do que isso, precisa de berço como dizia minha avó. Enquanto isso não vem, sigamos desrespeitando o próximo. Iremos bem longe desse jeito, viu…

MM

PS:

Um “intelectual” (sic) lá no outro site em que escrevo disse que sou irresponsável ao dizer certas coisas, ao medir a vida com minha régua. E ele, ao me julgar irresponsável fez o quê? Mediu sua opinião com a régua de quem? É só mais um tolinho que não aguenta a verdade… e que faz parte dos 85% que não têm interpretação de texto.

Outra, provável que a dona do mundo e da psicologia, disse que os Conselhos de Psicologia deveriam atuar para impedir que qualquer um desse sua opinião sobre psicologia. Coitada, mal sabe ela o que penso dos psicólogos, mas eu conto: São todos uns fraquinhos, cheios de mimimis e mal resolvidos. Isso pra não dizer retardados funcionais, porque hoje estou de bom humor…

É que lá não posso nem discutir com os leitores, mas aqui, posso tudo!!!

Anúncios
Publicado em Ego. 1 Comment »

Uma resposta to “Mundinho Sujo…”

  1. Anônimo Says:

    O que está faltando nesse mundo, como diria meu pai, é um pouco mais de humildade.
    A humildade é uma virtude, embora muitos a vejam como uma coisa menor.
    Humildade é se ter consciência das nossas próprias limitações, procurando assim não fazer uso da arrogância, da prepotência ou da soberba.
    A sujeira desse mundinho vil está exatamente na pretensão de superioridade de algumas pessoas sobre as demais.
    Respeitar, ou em certos casos até acatar, opiniões divergentes é para muitos como assinar um atestado de humilhação. Esse tipo de gente sofre de um profundo e crônico complexo de inferioridade.
    O fato é que jamais estaremos 100% certos, ou 100% errados ao expressarmos ideias ou opiniões, a exatidão se reserva a cálculos matemáticos.
    O fiel da balança seria o bom senso, mas que nesse mundinho espurco e sem educação está cada vez mais difícil de se encontrar.

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: