Comandar não é Liderar

Interessante o artigo da colunista da revista Época Ruth de Aquino sobre Líderes. Ela fala com muita propriedade sobre os maus líderes, inclusive baseando-se em recentes pesquisas. O assunto caminha, inclusive, para a má conduta que acarreta processos de Assédio Moral.

Tenho minha opinião a respeito do assunto e ela é um tanto quanto diferente, não só do artigo da Ruth como também da pesquisa. Apesar de respeitar os argumentos, minha posição se difere num simples aspecto: Existe um abismo gigantesco entre liderança e comando. Como sempre brinco, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa e as duas coisas não são (mesmo) a mesma coisa.

Por exemplo, sou contra esses cursos que se propõe a ensinar as pessoas a missão de liderar. Tão contra que já dei uma palestra sobre isso e fui extremamente mal compreendido, afinal, estava eu falando para “Professores” de liderança… Enfim, ainda bem que não me jogaram tomates.

Eu diferenciei Comando de Liderança e eles – assim como a maioria – entendem que se trata da mesma coisa, mais ou menos como o artigo da Época. Bem, repito, uma coisa nada tem a ver com a outra. Um líder é um bom comandante, já um comandante quase nunca é um líder.

Um líder verdadeiro nasce pronto sim. Ele se destaca em qualquer lugar, desde muito cedo, ainda na escola. Óbvio, como tudo na vida, há que se ter as experiências vivenciais que moldam seu tipo de liderança, mas a essência do líder é inata. O líder tem uma ascensão natural sobre os outros.

Já um simples comandante que não é um líder natural, não. Ele pode ter recebido o “cargo” por diversos motivos e por isso o suposto “sucesso” lhe sobe à cabeça. É normal que ele seja um péssimo líder, ou melhor, nem líder ele é. Pouca gente respeita e ninguém admira uma pessoa que apenas comanda sem liderar. É o que chamo de “Líder de Cartão de Visita”.

Uma empresa deve ter profissionais aptos – ou contratar uma consultoria especializada em RH – para detectar entre seus funcionários os que podem ser alçados ao posto e considerados líderes. Líder se detecta, não se forma. (Foi com essa frase que abri a tal palestra que comentei acima. Detalhe, eu estava em uma escola para líderes)

Não é uma tarefa difícil, detectar líderes em uma corporação é até simples. Basta um bom papo com as equipes, alguns exercícios objetivos – não essas dinâmicas “bobagentas” que fazem por aí.

O artigo da Ruth mostra uma pesquisa publicada no jornal O Globo que diz as qualidades principais de um líder: Inspirar, ser ético e ser capaz de tomar decisões. Vou um pouco além: Ele deve instigar. Entendo que instigar é provocar os liderados a pensar, a discutir em conjunto as melhores opções de solução dos problemas, sobretudo, instigar é estimular a criatividade das pessoas.

Um líder nato sabe “ler” pessoas, sabe até onde pode ir, sabe até onde esticar o elástico de cada um dos seus liderados. Esse sim é um líder, aquele que divide os holofotes. O comandante não faz isso, pelo contrário, ele quer o holofote só em cima de si. A vaidade toma conta e é impossível lidar com Egos desse tipo. O resultado é óbvio: desastre.

As empresas investem pouco em RH. Percebo isso nitidamente. Quando investem muito, investem errado. Minha experiência profissional e pessoal fizeram com que eu afirme isso categoricamente.

A preocupação das empresas é motivar os funcionários para obter mais resultados. Eu disse mais, não melhores. Melhor resultado não é apenas aumento de números e sim aumento de qualidade como um todo. As empresas nada mais são do que pessoas e RG vem antes do Crachá. Há que se cuidar das pessoas e a consequência disso será melhores empregados.

Chamar funcionários de “colaboradores” não ajuda em nada a não ser a criar mais um preconceito na sociedade que já está cheia deles. Sim, preconceito, afinal, hoje em dia ninguém gosta mais de ser chamado de funcionário.

Infelizmente se esquecem a origem da palavra que é: Funcionar.

MM

Anúncios
Publicado em Ego. 3 Comments »

3 Respostas to “Comandar não é Liderar”

  1. sandra Says:

    As pessoas precisa ter preparo pra serem líder elas poder pode ter uma veia forte pra liderarem mas sem preparo não funciona bem olha o Brasil como está isso é o que?

    Curtir

  2. Roberta Says:

    Adorei e concordo!
    Estou adorando ler seus posts!

    Roberta

    Curtir

  3. Barbara Cristina Says:

    Fazia um tempao que nao passava por aqui …. estava com saudades da sua irreverente forma de escrever…. O texto ”é otimo! adorei! Um grande abraco …

    Barbara

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: