Privacidade Invadida

Dia desses li uma reportagem que me deixou estarrecido: Empresas estão exigindo a senha do Facebook do candidato no momento da entrevista de emprego. E também dos já contratados.

Pois é. Bem, agora que respirei fundo, vamos por partes. Não quero esticar muito esse tema, mas sinceramente, até hoje não sei para o que serve o Facebook. É uma rede social onde as pessoas procuram pessoas que foram amigas um dia. Penso que se a amizade fosse mesmo importante, o contato não teria Se perdido. Ok, essa é só minha opinião. Prometo um dia escrever sobre isso.

Além disso, para o que mais serve? Para pessoas que você nunca viu na vida te adicionarem para… para… bom, para nada. E os “adicionados” se vangloriam por terem 200, 300, 400 “amigos”… amigos que nunca viram mais gordos ou mais magros. Esse nosso Ego é incrivelmente carente, não?

A outra coisa que não vejo coerência: Todo mundo reclama da falta de privacidade, entretanto, expõem suas vidas mega hiper super “interessantes” para todo mundo bisbilhotar. Fotos de viagens, festas, baladas… numa boa, pra que? Nunca vou entender… Até mostrar suas viagens a amigos, tudo bem, mas a 300 desconhecidos? Seres humanos são hipócritas e incoerentes.

Agora vem o outro lado. Por que será que as empresas querem saber tanto da vida pessoal do contratado? E será que o Facebook mostra algo que possa ser relevante? Será mesmo, gente? O que eles esperam encontrar? Um perfil tipo…

“Zé da Silva, administrador, MBA sei lá onde, bla bla bla, estuprador e pedófilo aos domingos quando não estou brigando com a torcida organizada do time adversário”.

Desculpem a brincadeira, mas não resisti. Retomando… Pior é quem aceita essa investida absurda. Como tudo na vida, isso também tem o outro lado: Semana passada li que uma professora se recusou a fornecer a sua senha e foi demitida. Não lembro se aqui no Brasil ou nos Estados Unidos, isso pouco importa. É a globalização do absurdo. Mas senti uma pitada de orgulho quando ouvi: Ela se recusou!

Que beco sem saída, não é? Se você entregar a senha está aceitando uma palhaçada sem precedentes. Se recusar, perde o emprego. O que fazer? Infelizmente não tenho a resposta, mas sei o que faria.

Apesar de trabalhar com pessoas e empresas muito sérias, sei que eles – ao lerem isso – vão me entender, afinal de contas, não sou um cara assim, digamos… que tenha estudado em colégios internos da Suíça. Eu mandaria o entrevistador ou meu chefe, dependendo do caso, para aquele lugar. Isso esse mesmo onde eu mando o árbitro que não apita um pênalti no Neymar…

E óbvio que procuraria a imprensa para me dar uma forcinha, aproveitando para jogar o nome da empresa em questão sob os holofotes, pois entendo que algo precisa ser feito imediatamente. Há uma exagerada interferência em nossas vidas e ela vem do Estado, das empresas e isso está nos transformando (ou constatando) em bobos da corte.

Pelo que ando vendo, as empresas investem muito, mas muito menos do que deveriam em RH. Aliás, esse departamento é, cada vez mais, visto como o patinho feio das companhias. E deveria ser o mais importante.

Sim, tudo nessa vida de pessoas não deixa de ser Relação Humana. Não dá para viver sozinho. Muito menos trabalhar. E isso me faz pensar em outra questão: Se as empresas alardeiam tanto que é preciso trabalhar em equipe, por que investem tão pouco no RH?

Onde está aquele feeling característico dos profissionais que lidam apenas e tão somente com gente? Onde está a criatividade produtiva que vai fazer dessa conversa (entrevista) algo mais suave, profundo e sem pressão alguma para o candidato? Por que o tom tem que ser o de intimidar o candidato ou funcionário? Senha não se pede. Ponto final.  

Uma dica que eu dou aos entrevistadores é: Vocês pensam que estão avaliando porque no momento detém o poder, mas saibam, estão sendo avaliados também. O mundo, caros amigos, está cheio de gente competente e com personalidade forte querendo uma chance. Estes são inteligentes o suficiente para avaliarem o entrevistador e decidirem se a empresa em questão merece seus trabalhos. Lembra? Tudo na vida tem dois lados…

A impressão é que a inteligência humana está acabando. Se é que um dia existiu. Mas certamente há os que querem colocar as coisas nos eixos. E é nesses que devemos apostar e ter ao nosso lado. Não contra.

MM

Anúncios
Publicado em Ego. 3 Comments »

3 Respostas to “Privacidade Invadida”

  1. MARIA ADELAIDE Says:

    GOSTEIDOSEU COMENTARIO,mas realmente perdemos a privacidade. Pois infelizmente muitas coisas perdemos que realmente,nós faz sentir-mos ipotentes diante a tanta falta de respeito e da violencia no mundo.Antes tudo era mais simples e tinhamos liberdade e qualidade de vida. E o que é mais importante AMIZADE!

    Um abraço!!! ADELAIDE…

    Curtir

  2. Melissa Says:

    Qual o seu e-mail ? Gostaria de expor a minha dúvida com mais clareza !

    Curtir

  3. Melissa Says:

    Não entendi muito bem o que quis dizer !

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: