Pingos nos “is”

Às vezes sinto que as coisas estão completamente fora do lugar. Tudo bem, sei que sou um cara chato que observa tudo, mas algumas coisas são tão óbvias que fico ainda mais indignado quando elas passam batido pela sociedade como um todo. Bom, aqui no meu Blog eu costumo falar de Egos e é claro que não vou fugir demasiadamente do tema, só um pouquinho…

Nesse final de semana saiu uma pequena reportagem falando bem de uma grande rede de supermercados. Era algo sobre eles estarem vendendo uma sacola de compras feita com material reciclado, daquelas que você tem que levar todas as vezes que vai às compras. Bacana, politicamente correto, super mega ecologicamente correto, dirão os cidadãos comuns.

Bem, faz tempo que não sou um cara comum. Assim sendo, vi a reportagem como uma afronta à minha parca inteligência. Vou explicar: Como é que uma revista de grande circulação faz uma reportagem enaltecendo a atitude ecologicamente correta de uma rede de supermercados, sendo que eles mesmos são responsáveis pela distribuição de sacolas plásticas durante anos e anos? Oras bolas, não são essas sacolinhas de plástico grandes responsáveis pela poluição do meio ambiente? Pior, ainda cobram pelas sacolas certinhas?

Em suma, na minha mente poluída entendo o seguinte: Os safados cobram por algo que estão lançando que evitaria o estrago do meio ambiente, porém, estrago que eles mesmos têm feito por anos a fio… Na boa, é o mesmo que pagar pela destruição que eles vêm fazendo há anos…

No meu entender eles tinham que dar de graça a tal sacola corretinha e ainda por cima pedir desculpas ao povo por terem poluído o meio ambiente por tanto tempo. Estou exagerando? Pode ser que sim se analisarmos superficialmente a questão, que é o que todo mundo faz em TODAS as questões da vida. Mas se dermos uma mergulhadinha no assunto, perceberemos que não há exagero algum. E isso vale pra tudo…

Entrando no mundo dos Egos, vejam essa questão que a sociedade impôs como “falta de educação”:

Alguém se mete onde não é chamado. Você então diz: “Ei, isso não é da sua conta”!

Gente, é só a verdade, não é? Pois bem, então alguém me explica por que é que o xereta que se mete onde não é chamado fica tão ofendido quando dizemos apenas e tão somente a verdade?

Num cenário ainda mais absurdo, um dia desses conversava com amigos e quando me perguntaram algo que absolutamente não me dizia respeito, respondi naturalmente: “Não tenho nada a ver com isso”. O mesmo que ter dito: Ei, isso não é da MINHA conta.

Deu no mesmo, as pessoas se sentiram ofendidas pela minha… minha… sinceridade em não querer me meter onde não deveria. Ou seja, todo mundo quer que a gente cuide e se meta na vida dos outros. Se eu falo para alguém cuidar da própria vida se ofendem. Se falo que eu quero cuidar apenas da minha vida, se ofendem da mesma forma. Vai entender essa gente.

Olha, na minha cabeça isso é ridículo.

Tenho uma teoria: Se cada um de nós parasse de se meter na vida dos outros, parasse de se preocupar com o que NÃO nos diz respeito, tenho certeza de que eliminaríamos mais de 70% dos nossos supostos problemas…

Não entendo como é que as pessoas querem tanto ser felizes se passam a vida toda se preocupando e se envolvendo com problemas que não são seus. E mais, permitindo que gente de fora se meta em sua vida. Às vezes até pedem isso. 

É difícil entender mesmo. A parte boa é que me pagam para que eu ensine como é que se enxerga o óbvio…

MM

Anúncios
Publicado em Ego. 12 Comments »

12 Respostas to “Pingos nos “is””

  1. guethinha Says:

    ADORO! confesso que me diverti lendo os comentários e + te admiro pelas coisas que escreve…

    sobre a matéria das sacolas, concordo plenamente com a sua opinião.

    Bj

    Curtir

  2. Sil Says:

    Bom amore…me surpreendi…conversamos hoje exatamente sobre o assunto..”INTELIGÊNCIA”
    E a reportagem em questão, citada em tão conceituada revista, nós faz parecer ridículos…AFF…RSRS
    Quanto a certos comentários, fiquei em pé e APLAUDI aos risos. Vendo os dois parâmetros…POUCA INTELIGÊNCIA E INTELIGÊNCIA ALTAMENTE CULTA… Confesso que ri muito…
    Quanto ao texto, está de parabéns, como sempre…

    Bjos, chocolatinho predileto…rsrs

    Curtir

  3. Veronica Says:

    Li a reportagem e também achei um absurdo. Se querem preservar o meio ambiente, que façam sacolas que não poluem e carros eletricos.
    Agora que a porcaria está feita não adianta nada jogar nas costas da sociedade mais uma conta a ser paga

    Curtir

  4. Gabriela Says:

    Amei o texto e concordo com você, aceitamos as imposições das grandes empresas.
    Está na hora de darmos um basta.

    Curtir

  5. Silvia Says:

    Isso chega a ser ridiculo.
    A mim ajudou muito.
    Além doi mais, resolver problemas é algo pessoal, é preciso querer. Fácil tirar de nossas costas nossa responsabilidade e jogar em cima de um profissional.
    O Marcelo apenas direciona, caso não façamos a responsabilidade é nossa, nuca do profissional
    Que tal fazer o que ele mais insiste para que façamos: Usar um Espelho.
    Desculpe, mas é ridículo ver certos comentários aqui.

    Curtir

  6. Mônica Says:

    Nem venham dizer que isso não é da minha conta porque como “pagante que admira o seu trabalho”, posso dizer que o MM não resolveu meus problemas mesmo. E posso dizer também que à luz desse trabalho, desse cuidado, eu mesma procuro resolver meus problemas.

    Curtir

  7. Mônica Says:

    Olá MM e leitores!
    Gostei do movimento!
    Sobre as sacolas, você está certíssimo! Existem princípios legais que apoiam a sua análise. A briga está posta há tempos mas até hoje os supermercados estão ganhando. Eles tinham que pagar para que os consumidores usassem a sacolinha certinha. Dessa vez você não exagerou.
    Será que os desejos insaciáveis do id do dono do supermercado calaram o superego e deram a sua contribuição para acabar com o mundo exterior???

    Curtir

  8. MM Says:

    Pensei muito e não resisti em te responder, caro leitor…
    … Admiram sim…
    … Hummm… acho que vc se atrapalhou nessa…
    … Se eu fosse Super-fantástico eu usaria nem aqui estaria. E odeio fantasias, até mesmo aquelas que todo mundo gosta.
    … Adoro cuidar dos que precisam de ajuda e pode apostar seu dinheiro, caso o tenha, resolvo bem demais… tem a manhã de pesquisar? Ah, aposto que não…
    Enfim, o que pensam sobre mim, não é da minha conta…rs… entendeu ou quer que desenhe…rs…
    Abraços
    MM

    Curtir

  9. Fernanda Says:

    É isso aí, MM !!!!!!

    Concordo com tudo isso aí que vc disse !!!!!!!

    Além do mais, seu desfecho sobre “cada um no seu quadrado” foi matador !!! A gente tem que cuidar de nossas vidas, solucionar nossos problemas e ponto. Afinal, se tentarmos pegar pra nós os problemas alheios, ficaremos com dois problemas, enquanto o outro ficará sem nenhum, não é mesmo?

    Além do mais, tenho certeza que Deus só nos dá a cruz que conseguimos carregar. Então, nada de desistir. Simbora lutar, vencer o obstáculo, tirar da frente o que está atrapalhando e buscar a felicidade, SEMPRE!

    Bjs

    Curtir

  10. Lucas Says:

    A inveja mata.

    Curtir

  11. Debora Says:

    Certos comentários neste blog são dispensáveis.
    Eu adorei o texto e adoro a maneira com que aborda o óbvio. Por que certos seres inteligentes não enxergam nem um palmo diante do nariz.
    Continue sempre sendo essa luz que nos ilumina. Não é para todo mundo que Deus dá um dom.
    Beijos

    Curtir

  12. Lauro Cordoba Says:

    A parte boa é que me pagam para que eu ensine como é que se enxerga o óbvio…

    … é óbvio que são pagantes que admiram o seu ” trabalho “!

    …é mais óbvio ainda que de óbvio não tem nada!

    …porque na sua fantasia de “super fantastico” o óbvio é ser só.

    … e como um ” não psicologo” adora cuidar dos problemas alheios sem resolve-los.

    O mais bacana é pensar que quem não cuidou um pouquinho da vida alheia que atire a primeira fofoca!

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: