Humildade faz mal

Hoje de manhã postei a seguinte frase no Twitter: Quanto mais humilde você for, mais baixa será sua autoestima.

Assunto delicado esse, mas vou explicar por que afirmo isso. Deixo claro aos religiosos de plantão que sou católico praticante, portanto, um admirador de Jesus. Não sou temente a Deus porque isso é bobagem, temo apenas quem me faz mal e até hoje, Deus tem sido legal comigo, não há porque temê-lo e sim agradecê-lo.

Falei de Jesus porque alguém inventou que – pelo fato dele andar de túnica e sandálias – ele era humilde. Bom, eu discordo. Jesus era um grande exibido. Ninguém anda sobre as águas, multiplica pães e peixes, cura doentes se não for para se exibir. Lembre-se que ele fez todas essas coisas na frente de multidões… e eu o admiro justamente por isso.

Então, onde é que tá a humildade de Jesus? Nas roupas? Ora, façam-me o favor. Ele não podia ser simplesmente um Hippie fora de época?

Além disso, discordo veementemente dessa pregação de humildade que há na sociedade. Penso que quem prega essa besteira é quem está no poder, no comando da situação, em suma, quem está por cima prega que os que estão por baixo sejam humildades. Fácil, não é?

Eu não caio nessa, e provo por A + B que isso é uma grande besteira, uma grande hipocrisia:

Digamos que você seja aquele tipo humilde, que anda pra lá e pra cá dizendo que todo mundo tem que ser assim, etc e tal. Aí você precisa procurar emprego. Vai a uma entrevista e se mostra o humilde em pessoa. Não diz seus valores, suas capacidades, seus anseios e ambições. Em outras palavras, você é médio aqui, sem sal ali, meio capaz disso, e por aí vai.

Pergunto, por que é que você merece a vaga? Quem nesse mundo contrata um ser mediano? Bom, muita gente contrata, mas na teoria ninguém quer seres médios trabalhando em suas empresas, certo?

E qual o problema de chegar nessa entrevista e bater no peito dizendo-se o melhor para a vaga? Oras bolas, não foi isso que você colocou no seu currículo? Que era o “fodão”? Se mentiu no que escreveu, problema seu, deveria se conhecer e também às suas capacidades reais e verdadeiras e não mentir. Entretanto, se você é bom em algo, alardeie pelos quatro cantos do mundo.

A humildade, em minha modesta opinião, tem muito mais a ver com reconhecer seus valores do que qualquer outra coisa. Na boa, se os seus valores são bons, se sua capacidade é acima da média, esconder isso vai te ajudar em que, me diz?

Tudo é uma grande bobagem, hipocrisia mesmo. Os mesmos que acham que a humildade é necessária – falo humildade como a maioria da sociedade pensa – são os mesmos que têm a autoestima lá embaixo. Os que já chamei por aqui de “coitadinhos”. Olha, isso me irrita muito porque em sã consciência, quem quer na sua empresa um coitadinho? Quem quer se relacionar com uma pessoa medíocre? Ninguém!

Gente, as pessoas montam em cima dos humildes. Aí no outro sentido da palavra, humilham mesmo. E não me venha dizer que nem todo ser humano é ruim porque é mentira. Ruindade ou bondade só depende da posição em que a pessoa está. Simples assim. Quem está por cima toma conta da situação, dá as cartas, normalmente para apenas e tão somente satisfazer o seu próprio Ego. Se você estiver sempre por baixo, é quase óbvio que sua autoestima estará baixa.

Se gostar de ser assim desse jeito, vai lá, siga em frente abaixando a cabeça para que os outros sempre dominem a situação, seja ela qual for.

Bater no peito e dizer que você é bom não é arrogância, é reconhecimento. Se você for bom, é claro. Se ainda não for bom em alguma coisa, prepare-se bem e assuma o seu papel de comando. A gente sente uma coisa boa quando temos consciência do que estamos fazendo.

Alguns ainda confundem simplicidade com humildade. Eu digo que as duas coisas são bem parecidas, mas com uma sutil diferença, ser simples não quer dizer simplório.

Enfim, o que quero passar aqui é um recado bem fácil de entender: Sabe aquela gente que afirma “ser difícil falar de si mesmo”? Pois é, se a própria pessoa não consegue falar de si, provavelmente é porque ela não tem nada de interessante para oferecer.

Aprendi muito cedo a bater no peito e isso sempre ajudou minha autoestima. Bato no peito quando sou bom e bato no peito quando sou ruim. Sei as minhas qualidades e meus defeitos. Não uso meus defeitos para me fazer de humildezinho ou coitadinho.

Uso meus defeitos como sinal de alerta de que preciso melhorar naquele ponto específico. Uso minhas qualidades para reforçar minha autoestima e mantê-la elevada, porque se eu não fizer isso por mim, pouca gente vai fazer.

MM

Anúncios
Publicado em Ego. Tags: . 13 Comments »

13 Respostas to “Humildade faz mal”

  1. Antonio Garcia Lopes Says:

    Gostaria de lhe falar muitas coisas sobre o que menciona, sobre Jesus então se vê que não entendeu nada, precisa se aprof…, melhor precisa ter um olhar um pouco superficial. Jesus foi um peregrino que fazia o bem sem ver a quem (humildade), andava com pessoas humildes (diga com quem andas que digo quem és), Foi crucificado para que os nossos pecados fossem perdoados( extrema humildade ). Vamos dizer que estamos no planeta terra para aprender a ser HUMILDE, a arrogância é própria do ser humano, veja você mesmo, achando que sabe tudo! Já leu o Monge e o Executivo? Pode lhe ser útil. A sabedoria do ser humano é encontrar o equilíbrio de saber algo e não colocar como verdade as suas sobre as outras pessoas, pois as verdades podem ser divididas em várias partes dentro de nossa curta vida. De cinco em cinco anos podemos mudar de opiniões e verdades. Não sabemos qual lição Deus tem para nos ensinar amanhã, agradeça mais o dia, a noite, o acordar e poder respirar, andar e levantar o corpo, muitos não o fazem mais, temos que ser gratos por nossa vida. Obrigado por proporcionar esta reflexão.

    Curtir

  2. Adriano Says:

    Certamente um tema delicado.

    Existe um campo tão vasto na questão humuldde que fica um tanto quanto complicado definir como ela atua em cada individuo, porem uma unica questão me intriga… a capacitação moral em principio vem arraigada em qual estimulo ? Admitir Nossas falhas com uma postura Humildade e a partir dai buscar formas de se superar, ou mascarar nossas falhas e Bater no peito ” Eu sou o que sou e em mim não ha defeitos”

    Logo vemos que a questão da intrevista não tem uma regra concreta, cada caso é um caso, i se a proposta de emprego for para um posto abaixo daquilo que voce esta se projetando ? já vi muito isso, pessoas serem descartadas de uma intrevista por ter o curriculo mais qualificado do que a vaga em questão, regras caem por agua quando o assunto é vida real.

    Jesus ao meu ver tinha a capacidade de ser humilde mais do que qualquer ser na face da terra, se ele tinha a capacidade de reprodusir pão porque ele não faria uma ferrari ? é até engraçado mas se a questão é ilustrar então serviu, se ele tinha a capacidade de caminhar sobre as aguas porque voce acha que ele estava dentro de um barco junto aos “incapazes” de tal ação ?

    Enfim… sua reflexão é valida, mas ao meu ver humildade tem mais a ver com postura do que com submissão. alguem certo de seus valores não precisa gritar que os tem, ostentação é e sempre foi ao meu ver sinal de descontrole.

    Curtir

  3. MM Says:

    Bem como seu “profundo” comentário. Mas entendo vc, deve ser daqueles que confundem humildade com humilhação. Coitado de mim… hahahahaha

    Curtir

  4. Saulo Bezerra Coelho Says:

    O seu pensamento é muito vago, não contribue em nada, coitado de você.

    Curtir

  5. Anônimo Says:

    acho o seu texto tão vago, quanto a sua cabecinha.

    Curtir

  6. MM Says:

    Então, respeito sua opinião, entretanto, não te dei permissão pra distorcer o que escrevo.
    Jamais disse que devemos pisar neste ou naquele tipo de comportamento. Creio que vc deva fazer parte dos 15% dos brasileiros que não têm compreensão de texto.
    Enfim, há no texto aré uma brincadeira que vc nem percebeu.
    Outra coisa, mesmo sendo católico praticante, não sou daqueles que crêem que Jesus tenha acertado em 100% do que fez ou disse.
    Discordo, por ex, daquele lance de dar a outra face. Acho absurdo, riículo e NINGUÉM segue isso ao pé da letra, até pq, se seguissem, seriam idiotas perfeitos.
    Ter opinião e a expor não é nada fácil. É coisa pra quem tem personalidade forte.
    Mas repito, cheguei aonde cheguei sem sequer pisar no pé de alguém. Agora bater no peito e ter REAL auto-conhecimento não é sinal de humildade e sim de inteligência.
    Sei minhas limitações, assim como sei minhas qualidades. E vc, sabe? Ou segue o que os outros pensam de vc?
    Pense nisso na próxima vez em que se colocar de capacho sob os pés de alguém.
    Abraços.
    MM

    Curtir

  7. Andre Says:

    Cara, se vc pisa em cima de quem é humilde, tem baixa auto-estima etc., como você mencionou, vc não passa de um medíocre! Ninguém precisa pisar em ninguém para conseguir uma vaga, ou o que quer que seja, e embora muita gente faça isso, acaba se dando mal, pois pessoas assim nunca conseguem olhar para suas próprias limitações, e tem medo que outra pessoa ‘tome’ o seu ‘lugar ao sol'(mesmo merecendo), e se aproveita da fragilidade das pessoas, muitas vezes porque sabe que a capacidade delas supera a sua.

    Você conseguir olhar para si, ver as limitações, e depois ter orgulho de si e tentar superar as limitações, mas com o próprio esforço e nunca pisando em ninguém, ESSE é o conceito real de humildade. A sua igreja católica mesmo cita os ensinamentos de Jesus: ‘Não serás um leão na frente dos fracos e um cordeiro na frente dos fortes’, essa é a essência. Humildade demasiada é ruim, assim como orgulho demasiado, ou qualquer outra coisa em excesso. Jesus, se é que existiu exatamente como diz a Bíblia, não era um exibido ‘orgulhoso’, como você tentou colocar, exatamente porque tinha o dom de equilibrar a humildade e o orgulho e ainda assim, fazer a sua passagem ser lembrada por dois milênios.

    Assim como ele andou sobre as águas, e chicoteou os comerciantes dentro do templo, ele olhou para os fracos e excluídos(humildes no seu conceito equivocado), como ninguém nunca fez até hoje. Pense nisso da próxima vez que for pisar em alguém…

    :p

    Curtir

  8. MM Says:

    Concordo plenamente…
    Quanto a autoestima, é isso mesmo, acho que minha função na sociedade é ajudar meus clientes a preservá-la no mínimo, elevá-la no máximo e ao máximo.
    Talvez um dos grandes problemas da sociedade, meu amigo, seja justamente esse: Preservação.
    Enquanto as pessoas não entenderem que precisam se proteger e consequentemente elevar sua autoestima, só veremos decepções, frustrações e por aí vai.
    Abraços.
    MM

    Curtir

  9. Breno Says:

    Creio que foi uma ótima observação. No entanto, percebo que há uma dificuldade conceitual na palavra “humildade”. Muitos não a entendem além dos dogmas e conceitos radicados em seus âmagos. Na escola não nos foi ensinado a pensar e a deixar o fluxo de consciência livre para a elucidação. Foi-nos ensinado rotular e a replicar, ideias e conceitos.

    Eu vejo que você tem uma tese sobre auyoestima, não necessariamente sobre humildade. Pois no fundo, o humilde pouco se importa com o que pensam dele. Basta a ele o que ele faz. E ele o faz com devoção. Ele está fora da luta de egos, pois pela lógica um ego jamais se inclina a outro. Sempre quer o brilho para si.

    Eu faria talvez um adendo. Quem não compreende de fato o que é humildade, e anda por aí “orando, jejuando e privando-se” é um grande enganado e muito possivelmente um hipócrita, pois faz issompara que outros vejam seus atos. O humilde jamais precisa mostrar aos outros o que faz. Faz porque tem de ser feito. Não importa quem fez, importa a ação.

    Abraços.

    Breno Godoy

    Curtir

  10. Denise Says:

    Resumindo, concordando e torcendo seu texto: “A humildade, em minha modesta opinião, tem muito mais a ver com reconhecer seus valores do que qualquer outra coisa. Na boa, se os seus valores são bons, se sua capacidade é acima da média, esconder isso vai te ajudar em que, me diz?”
    Humildade vem do Latim humus que significa “filhos da terra”. Refere-se à qualidade daqueles que não tentam se projetar sobre as outras pessoas, … Simples não? Easy

    Curtir

  11. Patricia Says:

    Pegou pesado dizendo algumas verdades, mas pesado, super pesado.
    Vou pensar com mais calma, risos

    Curtir

  12. Yolanda Says:

    Querido Marcelo,
    Já aviso que imprimi essa obra prima de lição de vida.
    Levarei a meus pacientes como um grande e indispensável sinal de alerta.
    Muito bom texto, excelente reflexão.
    Abraços

    Curtir

  13. Luciana Says:

    Definitivamente você é um gênio. Nunca pensei por esse lado sobre Jesus. Agora o admiro ainda mais.
    Parabéns, Marcelo

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: