A Força do Improvável

Essa coisa de improvável parece um tipo de sonho. Normalmente os sonhos são improváveis, tanto os que sonhamos dormindo quanto os que sonhamos acordados. A verdade é que a maioria deles não tem nenhuma chance de acontecer, pelo menos não exatamente da maneira que foi sonhado.

Mas de um modo geral, acho que o improvável é o que faz a diferença. É o que marca nossas vidas. Todo mundo é muito parecido em relação a isso. O improvável é diferente da surpresa, é diferente do previsto, improvável é algo que não tem chance de acontecer. Ou melhor, o que não teria a menor chance de acontecer, em teoria.

O que estou dizendo tem a ver com a nossa intrínseca racionalidade. Por mais sonhador que seja um ser humano, ele sabe que, racionalmente, algumas coisas são improváveis. A tal da razão sempre, ou quase sempre, aparece para nos dizer: Ei, acorde, você está fora da realidade.

Pois é, quando isso acontece, obedecemos a ordem da mente e acordamos. Mas em alguns momentos o tal do improvável dá as caras e… bem, se torna possível.

Levamos um susto, não é? Afinal de contas, até o minuto anterior da “coisa” acontecer, independente do que seja, era improvável. Sim, isso assusta, nos tira o ar dos pulmões, nos tira o chão.

Mas uma vez que algo assim aconteça realmente, o que fazer? Como lidar com isso?

Não é nada fácil. Lidar com o improvável requer calma, paciência, sabedoria, entendimento, enfim, requer algo completamente oposto do que somos em essência. Nossa natureza é imediatista, é ansiosa e quando o improvável acontece essa mistura é explosiva, ou no mínimo, bem perigosa.

Sendo ansiosos, imediatistas ou seja lá o que for, podemos destruir o improvável quando este é bom. Por outro lado, se for algo ruim, sendo desse jeito é uma verdade absoluta que não vamos conseguir nos livrar do “improvável do mal”.

Deixemos o improvável ruim fora disso. Vamos nos ater no improvável bom. Com certeza, por não ser impossível, apenas improvável, a coisa já foi sonhada um dia. Apenas não vimos durante o sonho a probabilidade de acontecer.

Ora, quem é que disse que a vida é uma fórmula matemática onde as coisas podem ser definidas como prováveis ou improváveis? Melhor dizendo, quando sonhamos com alguma coisa não devemos e nem podemos tentar calcular dessa maneira. Não dá para colocar os sonhos numa tabela, numa lista de prováveis e improváveis.

Os sonhos são possíveis ou impossíveis. E não venham me falar que todos os sonhos são possíveis porque sabemos que não são. Os gurus da auto-ajuda vivem tentando nos enfiar na cabeça o contrário, mas eles mentem. Temos é que sonhar de acordo com a realidade… Nossa, que frase mais doida…

Mas é isso mesmo. Temos que sonhar de acordo com nossa capacidade. Por exemplo, eu não posso sonhar em me tornar um piloto de Fórmula 1 aos 49 anos. Não dá! Meu peso está fora dos padrões e minha idade absurdamente acima. Em suma, cada sonho tem sua hora para ser sonhado. Se eu realmente quisesse uma coisa dessas, devia ter pensado nisso antes.

E isso vale para tudo. Ou quase tudo. Para as coisas do coração, por exemplo, não vale. Você pode sonhar com uma pessoa a vida toda, mas aquela pessoa impossível de se ter mesmo… e um belo dia vem o tal do improvável e joga a tal pessoa em seu colo.

Para o amor não existe o sonho impossível. Apenas para o amor. Muito menos o improvável.  Todos nós temos em nossas vidas dezenas de exemplos, essas coisas acontecem o tempo todo. E se ainda não aconteceu, podem ter certeza, vai acontecer.

É mais ou menos o que disse para uma amiga um dia desses, ela está vivendo algo que até um determinado momento era considerado fora de propósito:

– Se está acontecendo é porque não era improvável. Só não estrague tudo achando que é impossível.

MM

Anúncios
Publicado em Ego. 3 Comments »

3 Respostas to “A Força do Improvável”

  1. LIA Says:

    Eu sonho e gosto de sonhar, só assim minha vida se torna realidade dos sonhos que cultivei e que almejei. Meus sonhos partem do princípio do começo da minha realidade hoje vivida. Dias atras, sonhava alto em poder conhecer uma pessoa que me cativou e conquistou de uma maneira simples e gentil. Confesso que sou extremamente dificil de lidar, mas sensível e receptiva ao mesmo tempo em querer mudar o meu temperamento. Esse sonho ainda me consome e disso vou vivendo com idéia fixa dos meus sonhos se tornarem realidade. Desistir? Jamais! E acredite: Estou mudando!

    Curtir

  2. Fernanda Says:

    Ah, o improvável !!!!!!!

    A gente espera uma coisa, acontece outra e, no fim, percebemos que o que ocorreu foi o que realmente atraímos, aquilo que queríamos, mesmo, de verdade, por mais que falássemos da boca pra fora que não.

    Nada acontece por acaso. A vida é uma caixinha de supresas e cabe a nós pegarmos a nossa e a abrirmos.

    Amei o texto, MM !!!!!!

    Curtir

  3. Tatiana Says:

    Nossa, MM, ao começar a ler o texto nunca pensei que terminaria desse jeito…
    Adorei a mensagem do desfecho! …mais uma de suas frases-chave que ficam ecoando na cabeça:
    “Se está acontecendo é porque não era improvável. Só não estrague tudo achando que é impossível.”

    😉

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: