Enganando a Mente

Pois é… aqui estou eu, pensando em coisas. Incrível a capacidade da mente humana. Dizem os cientistas que nem dá para medir isso. Realmente é uma loucura pensar em tudo o que essa coisa que nem conseguimos “pegar” ou sequer entender é capaz de fazer.

Como temos consciência que podemos enganar – ou tentar – nossa mente se é justamente ela a responsável pela parte consciente de nós mesmos? Vixi! Viajei na maionese…

Desculpem, mas acho que ando bebendo muita Coca Zero. Deve ter afetado alguma coisa.

Mas é isso o que acontece, passamos boa parte do nosso precioso tempo aqui nesse Planeta tentando enganar nossas mentes. Se estamos com um problema – desde que não financeiro – uma passadinha no shopping resolve. Nada como bolsas, sapatos, tênis e relógios para nos fazer acreditar que o nosso mundinho particular é cor de rosa. No caso dos meninos, azul. No caso dos gays, um arco-íris.

Um novo casinho sem importância cura uma ferida aberta deixada pelo ex-amor. Uns goles a mais eliminam qualquer angústia sentida. E assim por diante…

Nós temos uma capacidade tão grande de nos enganar que nem levamos em conta que essas supostas soluções são absolutamente temporárias. Conheço gente que para fugir de problemas familiares resolve dar um tempo em outro país, esquecendo-se evidentemente que uma hora ou outra vai ter que voltar e encarar o problema de frente.

O que somos, afinal, seres fracos? Bem, a coisa não pode e nem deve ser definida assim como se fosse um laudo simplista. Fraqueza todo mundo tem, mas daí a afirmar que somos fracos é exagero. Ter fraquezas não torna uma pessoa fraca indefinidamente. Ainda bem.

O Ego tem lá seus mecanismos de defesa. Se quiser saber mais a respeito, basta procurar no Google que você encontrará explicações e mais explicações sobre isso. A grande sacada nem é ficar preso às teorias e sim detectar isso e lutar contra.

Quando estudei psicologia, falávamos muito sobre esses mecanismos. Prepotente que sou, cheguei a propor em classe que o nome Mecanismos de Defesa deveria ser substituído por Mecanismos de Ataque.

É o que penso. O que teoricamente deveria nos defender, a longo prazo acaba por nos atacar.

Não conheço uma só pessoa que não faça uso desses mecanismos, seja lá em qual situação for, pois existem vários desses dispositivos. Sim, agora me lembro bem, usei a palavra dispositivo como se fosse uma espécie de detonador, daqueles de filmes com explosões.

É isso o que causa usar indiscriminadamente, explosões. Quem usa excessivamente os mecanismos de defesa do Ego acaba por explodir, ou implodir.

Quando explodimos, extrapolamos e saímos destruindo tudo o que está em nossa volta. As relações, o trabalho, a família, enfim, tudo. Quando implodimos, aí é pior porque nos destruímos. Pensamento egoísta, não? Falar que implodir é pior do que explodir… Mas é assim que todo mundo pensa, alguns como eu têm a coragem de assumir, nada além disso.

A vida cobra a conta, com o passar dos anos descobrimos que nos “defendemos” da realidade, para não dizer, substituímos. Mal se corta pela raiz. Depois que a “arvore” cresce é bem mais complicado derrubar.

Eu vivo me enganado, ou melhor, tentando tapar o sol com a peneira. Tento não fazer isso, mas é mais forte que eu. Por enquanto. Já fui pior, é claro. E, se já fui pior, significa dizer que hoje sou melhor. Pelo menos já sei detectar quando e como estou tentando enganar minha mente.

E você, sabe? Faz algo pra evitar essa implosão que mais cedo ou mais tarde vai te assolar?

O que eu sei é que um belo dia acordei e lá na frente do meu espelho perguntei:

– O que você está tentando fazer com você mesmo? Não percebe que ficar se enganando o tempo todo é o mesmo que tentar se matar usando uma bala de festim?

MM

Anúncios
Publicado em Ego. 6 Comments »

6 Respostas to “Enganando a Mente”

  1. LIA Says:

    Confesso que é bem complicado este tema. Quantos risos, oh, quanta alegria…mais de mil palhaços no salão…. e assim vai…pessoas se iludindo e vivendo fingindo como palhaços num salão, felizes ou infelizes?

    Curtir

  2. Dalbergia Says:

    Que confusão hein?! Também não é assim…oooxi!
    Algumas fórmulas podem enganar a mente mas chegar numa finalidade útil. Pense bem…(tome um suco de fruta antes).
    Da minha parte, vou ali tomar um refri pra pensar nesse texto bomba.

    Curtir

  3. Juliana Says:

    Quer saber de uma coisa? Você está super certo. Vivemos nos escondendo de nós mesmos, mas na frente do espelho como disse um certo MM uma vez no seu livro, as máscaras caem!
    Belo texto.

    Curtir

  4. Fernanda Says:

    É a tal história, como diz na música, muitas das vezes “mentiras sinceras me interessam”

    É mais fácil fugir da realidade que encarar o problema de frente. O difícil é que ele só acumula, conforme o postergamos… aí vira uma bola de neve, a ponto de acharmos que o mundo está irrespirável.

    Texto complicado, mas mto bom….

    bjs

    Curtir

  5. Denise Says:

    Oi MM,
    A verdade, nada mais do que a verdade. E como machuca.
    Parabéns, belo texto.
    Beijos

    Curtir

  6. Gabriela Says:

    Ai! Essa doeu na alma.
    Sem beijos hoje.

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: