Escutar é uma Arte

Escutar é uma arte

Já reparou como fazemos certas coisas ao contrário? Nem pretendo enumerar, mas quero falar de uma coisa em especial hoje, quero falar sobre ouvir, calar, falar…

Pare de ler esse texto agora e vá até seu espelho. Não, nada de fazer terapia, apenas olhe para você e me responda o que vê: Quantas bocas e quantos ouvidos? Pode ir, eu espero…

Pronto? Então vamos em frente. Se tudo estiver correto, e se você não for o Niki Lauda, deve ter dois ouvidos e uma boca apenas, certo? E isso quer dizer o que, hein? Eu respondo: Que deveria escutar mais e falar menos.

Mas, como somos seres humanos, agimos de forma contrária, falamos mais e escutamos menos. Ok, temos que ter opinião, é claro e nem todo mundo tem. Há os chamados “seguidores dos outros” e pouco se importam em questionar o que lhes é dito. Mas para questionar, aceitar, seguir ou seja lá o que for, é preciso antes de tudo, escutar. Isso é uma arte. E para poucos.

Eu mesmo, o Marcelo Mello pessoa física, sempre fui de falar muito, mas… – sempre tem um mas – sou mais de falar para os outros sobre os problemas deles do que de mim mesmo. Por que? Simples, não conheci ao longo da vida muitas pessoas capazes de me ouvir. E olha que eu nem sou de exigir uma resposta, muitas vezes me contentaria apenas com alguém capaz de silenciar, ou até… capaz de escutar meu silêncio. Sim, isso mesmo que você leu, às vezes nem queremos que escutem nossas falas, queremos que escutem e entendam nosso silêncio.

Em vários momentos quando vamos falar de algo que nos incomoda, somos logo interrompidos. Tipo… você fala que está com dor de cabeça, a pessoa te interrompe e fala que a dor dela é maior. Parece até competição. Em suma, sempre tive dificuldade de encontrar eco quando falo dos meus problemas, quando tento descarregar o meu peso extra…

Em meu trabalho tenho, teoricamente por obrigação, que ouvir mais do que falar. Mas é claro que isso só em teoria, por um simples motivo: Quem me procura não está fazendo isso sem motivo. Elas querem ajuda de fato, querem se livrar de problemas e buscar um melhor bem estar mental. Sabendo disso, sinto muito se desagradarei outros profissionais da área, eu me sinto à vontade para falar com meus clientes. Não impor, e sim falar, discutir os problemas de forma profunda, fazendo uso da empatia e do bom senso. E certas vezes, descubro que meu silêncio ajuda muito também.

Quem está de fora do problema pode ter uma percepção melhor ou pior, mas, sobretudo será uma percepção diferente. E quem procura ajuda tem esse foco, quer na verdade justamente isso: Buscar algo que as faça enxergar a questão que incomoda por outro prisma, ou seja, diferente do que elas pensam.

Ouvir problemas não é fácil. A tarefa é árdua, porém gratificante pelo simples fato de que eu entendo que é justamente isso que está faltando nas relações, sejam elas de qualquer natureza: Ouvir o outro.

Para quem procura ajuda deve ser delicioso perceber que está sendo ouvido. Por mais simples que um problema possa parecer aos olhos de quem escuta, para quem fala um probleminha pode ser um monstro. E colocá-lo pra fora é, em certos momentos, um desafio grandioso. As pessoas não querem escutar, querem falar. A coisa se complica porque para quem está com o problema, a necessidade é de falar e não de ouvir. E como já disse, todo mundo fala mais que a boca.

Há problemas que são difíceis de resolver. Mas para quem os tem, só o fato de colocar pra fora já é um alívio. E se alguém escuta, já está ajudando e muito. Entenda-se por escutar, absorver, entender, ouvir de fato.

O que isso quer dizer? Bem… se você pensar nisso um pouco, poderá entender melhor que às vezes um amigo te procura porque precisa do seus ouvidos emprestado, para te contar algo e sem nenhuma necessidade de ouvir sua pregação, ele quer apenas desabafar.

Temos que ter consciência de que nem sempre o que falamos ajuda e como toda e qualquer relação é e tem que ser de mão dupla, um dia você ouve, noutro você fala.

Essa questão pode ser resumida assim: Tudo o que tem que existir entre amigos, família, casais e colegas de trabalho é apenas um ponto: Troca. E é bem possível, por que não dizer necessário ou viável, trocar palavras por silêncio.

MM

Anúncios
Publicado em Ego. 8 Comments »

8 Respostas to “Escutar é uma Arte”

  1. guethinha Says:

    continuo tentando usar mais os ouvidos do que a boca….eita como é difícil :-S

    Curtir

  2. Bel Says:

    Como diriam os criadores da genial propaganda do cartão de crédito …Saber escutar, não tem preço !!!!
    Respeitar o silêncio do outro, e não falar é complicado pra muitas pessoas.
    Difícil ser bom ouvinte e permanecer em silêncio, quando alguém tem duras verdades pra te dizer.
    Ai,ai,ai…facíl mesmo é falar, e falar besteira é mais fácil ainda.
    Adorei o texto.

    Curtir

  3. Dalbergia Says:

    Agradeço pelos textos, leio todos.
    Trocar palavras por silêncio é difícil e pode ser interpretado como falta de atenção.
    Quem fala deseja sempre uma resposta.
    Entendo que em silêncio podemos responder através da atenção, de gestos. Preciso prestar mais atenção nisso.
    Valeu.

    Curtir

  4. Anônimo Says:

    Divino texto!
    Muito bacana ter descoberto seu Blog. Viva o Google.
    Parabéns.
    Rita

    Curtir

  5. Fernanda Says:

    A impressão que tenho é que nós, mulheres, aprendemos na maternidade que o menos é mais… sendo assim, mudamos o que devia ser e damos mais valor ao menos (boca) que ao mais (ouvidos)… kkkkk….

    Brincadeiras à parte, mas admiro quem saiba relaxar, meditar, ouvir, pensar antes de agir… Somos impulsivas, apaixonadas… Qdo percebemos, já fizemos… e aí já é tarde demais….

    Mto bom o texto, mesmooooooo…..

    bjs

    Curtir

  6. Claudia Says:

    Desde que li o texto, ou seja as nove da manha que estou sem fazer nada e apenas pensando em tudo o que li.
    Também tenho a mesma dificuldade de falar sobre mim e nem mesmo na terapia consigo.
    Identificação pura com suas palavras, Marcelo. É isso que mais admiro em seus textos, me identifico como quase todos eles.

    Curtir

  7. Vanessa Says:

    Olá MM,
    O que dizer sobre o texto de hoje. Está o máximo.
    Ouvir é uma arte. Parabéns.
    Beijo

    Curtir

  8. Maria Cristina Says:

    Há tempos que não lia um texto tão lindo e tão significativo. Muito bom.

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: