Migalhas

migalhas

Ontem conversava com uma amiga/leitora e falávamos sobre Migalhas. Eu disse a ela que já havia escrito alguma coisa sobre o tema, não lembro quando e muito menos se em algum dos meus Blogs ou mesmo no meu site.

Claro que, com minha conhecida “organização”, não encontrei o texto, afinal de contas, devo ter mais de mil textos espalhados por três computadores. Sei que esse texto está em alguma pasta, mas…

Isso não importa, o que interessa é que esse assunto é interessante e eu me lembro de ter dito que há pessoas por aí fazendo sanduíches com migalhas, e pior, se contentando com isso. Em todos os seguimentos da vida, o que deixa a “coisa” mais complicada ainda.

Preciso pensar mais sobre isso, tenho que entender porque é que as pessoas se contentam com pouco quando podem ter muito. Seguindo essa linha de raciocínio, percebo ainda que os livros de auto-ajuda, aqueles que todo mundo alega que não lê, mas que vendem muito, de fato não estão ajudando. Eles pregam que temos que pensar grande, entre outras coisas, mas as pessoas fazem o que? Pensam grande e só? Não fazem nada em relação a ter grande?

Pois é, pensar grande é mesmo o caminho. Já li uma frase ótima sobre isso: Pense grande, ou você já ouviu falar de Alexandre, o médio…

Digamos que todo mundo pensa grande. Isso posto, como explicar então o… se contentar com pouco? Não faz o menor sentido. Bem, e quem é que disse que seres humanos fazem sentido, não é verdade? Não fazemos sentido, não somos coerentes nem com nossos pensamentos e muito menos com nossos sonhos.

Agindo dessa maneira, é natural que o único caminho que sobra é nos darmos por satisfeitos com as sobras, com as migalhas. Sabe aquele papinho… melhor isso do que nada? Então, é exatamente isso que nossa “razão” nos diz quando, por exemplo, temos uma relação com alguém que esteja comprometido, ou ainda, quando cobramos por um serviço um valor pequeno para “não perder o cliente”.

Isso é mendigar. Isso é um cruzado de direita no queixo da sua autoestima. Será que essas pessoas não percebem o que acontece quando aceitam migalhas? É como dizer a si mesmo que você não capacidade de ter o que deseja. Pergunto, por que? Medo? Quantas vezes vou ter que repetir que o medo é o pior conselheiro que existe?

Parece que no próximo domingo uma reportagem na Tv vai revelar o resultado de uma pesquisa que mostra que as mulheres solteiras preferem se relacionar com homens casados. Como é? Sim, isso mesmo que vocês estão lendo. Preferem uma relação com alguém comprometido.

Mais cedo ou mais tarde a pressão vai tomar conta dessas relações, isso é uma verdade absoluta. A menos que seja por pura diversão ou sexo casual, a pressão vai aparecer. A pessoa que não é comprometida vai exigir da outra uma decisão. Mesmo que não verbalize isso nunca, no seu íntimo é o que ela espera, que o comprometido largue tudo para viver esse novo amor.

Como raramente acontece, a não comprometida vive de migalhas. E com medo de pressionar e perder o objeto amado, aceita isso porque afinal de contas, ter pouco é melhor que não ter nada.

Como disse, tem a ver com a nossa estúpida depreciação. Sim, estúpida é a palavra. Em vez de buscarmos algo que nos valorize, buscamos exatamente o contrário. E nossa mente não perdoa.

Basta você cobrar pouco por um serviço que imediatamente a sua mente te joga na cara que você deveria ter cobrado mais, te joga na cara que você não vale nada.

Palavras duras? Desculpem, mas quem foi que disse que nosso Ego-Sistema é moleza?

MM

Anúncios
Publicado em Ego. 4 Comments »

4 Respostas to “Migalhas”

  1. ROSANA Says:

    ADOREI………VOU ENCAMINHAR O TEXTO PARA TODAS AS AMIGAS. vALEU POR SER TÃO INTELIGENTE.

    Curtir

  2. Angela Says:

    MM????
    O que foi isso?
    FORTISSÍMO!!
    Senti como se recebesse um SOCO no meio do estômago, rsrsrsrsr….me entende , né?
    Bjkas e um FIM DE SEMANA MARAVILHOSO

    Curtir

  3. Veronica Says:

    Olá MM,
    Texto duro mas perfeito. Preciso rever meus conceitos e fazer sanduiches com pão e não com migalhas.

    Curtir

  4. Fernanda Says:

    Talvez um pouco duro para um casual day, mas não deixa de ser a mais pura verdade….

    É isso aí: pq nos contentarmos com pouco se podemos ter mto? Afinal, quem gosta de migalhas são pombas, não é mesmo?

    Complicadoooooo…. Realista, porém verdadeiro!!

    Mto bom!! 😉

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: