Certo ou Errado

certo

O que é certo e o que é errado afinal? Não vou aqui falar das questões morais ou politicamente corretas, etc. e tal, como cumprir leis e ser ético, por exemplo, isso todos nós sabemos. Quero falar sobre aquela sensação que temos na hora de tomarmos uma decisão, por menor que ela seja.

Antes demais nada, se formos pensar mesmo, de verdade e um pouco mais profundamente que o normal, poderíamos dizer que toda decisão tem lá sua importância. Assim, sendo, no exato momento em que temos que decidir entre “A” ou “B”, bate aquela última dúvida: Estou fazendo o certo ou o errado?

Como não poderia deixar de ser, vou me “usar” como exemplo e dizer o que é que acontece quando tenho que decidir algo. Além dessa pergunta aí de cima sobre certo ou errado, eu me bombardeio com mais perguntas e uma das principais é: Certo pra quem? Errado pra quem?

Preciso dizer que eu sou mega master egoísta? Ok, eu digo, como sou mega master egoísta, é óbvio que penso em certo ou errado para mim, em primeiro lugar. Na verdade, vou confessar que só penso em certo ou errado para os outros, lá pelo décimo lugar.

Felizmente, ou infelizmente, nem todo mundo é assim. Exatamente por não serem assim é que muitas das decisões são seguidas de arrependimento porque – podem perceber – quanto mais pensamos nos outros em primeiro lugar, menos reconhecimento temos. Menos recebemos de volta, enfim, é uma porcaria de atitude pensar antes no próximo. Pronto, é isso. (Ia colocar #prontofalei, mas seria “Twittar de mais)

Voltando ao que interessa, deixando os outros de lado, percebam que sendo assim, as minhas perguntas “extras”, certo ou errado para quem, não fazem o menor sentido. Mas é o que acontece, minha mente faz isso comigo, me enche de incertezas na hora de uma decisão, e pior, minha própria mente me trai fazendo com que eu esqueça meu lado egoísta e pare para pensar nos outros. Na boa, isso não é coisa que se faça…

Pensando nisso desde sempre, chego à conclusão que tudo isso tem a ver com a conseqüência das conseqüências das decisões que tomo… mais ou menos assim: Tomo uma decisão e é óbvio que ela afeta outras pessoas. A conseqüência disso é que serei afetado, mais cedo ou mais tarde, pela atitude que a pessoa tomará em relação à minha primeira atitude. Nossa, isso está mega confuso… Melhor você aí do outro lado reler esse parágrafo.

Esse pequeno medo paralisante que dá na hora da tomada de uma decisão nada mais é do que se perguntar se estou ou não preparado para o que virá do outro lado. É fato que uma atitude tomada não tem mais volta, mesmo que a gente se arrependa do que fez, o que foi feito está marcado para sempre. Repito, por mais que os bons Samaritanos insistam em dizer que se deve perdoar os erros dos outros, isso é balela, ninguém esquece algo grave. Nunca!

Isto posto, o que é que devemos fazer? Bem, pensar antes é uma saída, mas sinceramente, poucas pessoas agem assim, normalmente fazem e só depois do estrago é que se dão conta do que estragaram. E olha só uma coisa, nossos Egos têm uma habilidade em destruir coisas boas que vou te falar, viu?

E isso vale para todos os lados, para quem fez uma bobagem, para quem supostamente perdoa, para quem reage e para quem fica imobilizado. Mais ou menos como se quase sempre a gente tomasse uma atitude que vai nos desagradar em algum momento futuro.

Os psicólogos logo no primeiro dia de aula nos falam o seguinte: Certo ou errado não existe!

Será mesmo verdade? Pois bem, levando essa “aula” em consideração, poderíamos afirmar sem medo de errar que, se o certo ou o errado não existem de fato, não deveríamos nos preocupar com isso nunca, o que significa dizer que temos que ser egoístas e ponto final.

Claro que sim, se não existe certo ou errado, por que é que temos que nos preocupar com as conseqüências de nossos atos? Eles estão sempre certos, oras. Ou sempre errados… Você aí que decida.

E… agüente as conseqüências, porque uma coisa te falo, elas virão!

MM

Anúncios
Publicado em Ego. Tags: , . 11 Comments »

11 Respostas to “Certo ou Errado”

  1. Vanessa Says:

    Absolutamente, completamente, absurdamente genial. Confuso? Nada disso, confuso para que não está acostumada ao jeito MM de escrever, para quem é fã, o texto é demais.
    Super beijo
    Van

    Curtir

  2. Lia Says:

    rsrs…A la Nietzche!!! Genial.

    Curtir

  3. Ingrid Says:

    Como suas verdades ardem na pele, Marcelo. Mas é a mais pura das verdades, nossa tendencia de destruir as coisas boas é inigualável. Seres humamos são mesmo inteligentes?
    Beijos

    Curtir

  4. Kris Arruda Says:

    Sempre estamos errados. Afinal, a vida é uma merda e cada um tem o que merece…

    Curtir

  5. Maria Teresa Says:

    Bom dia Marcelo
    A parte que me chama atenção é a e que poucos reconhecem quando pensamos neles em primeiro lugar.
    Concordo plemanamente.
    Parabéns por mais este texto intrigante.
    Abraços

    Curtir

  6. Adriana Says:

    Ah os gênios incompreendidos, o que seria do mundo sem vocês, heim Marcelo Mello?
    Amei.
    E como te conheço, sei que de egoísta você não tem nada, entendi a brincadeira.
    Beijos
    Drica

    Curtir

  7. Juliana Says:

    Absolutamente deliciosa essa sua loucura, irresistivel.
    Certo ou errado é coisa da nossa cabeça, adorei cada linha.
    E concordo, devemos pensar em nós mesmos antes do resto, porque eles não nos darão os devidos creditos pelo que fizermos.

    Curtir

  8. Fernanda Says:

    Escrevi um texto muito parecido anteontem….
    É, não é fácil agradarmos a todos, estarmos presentes em tudo, sorrirmos qdo queremos chorar, aceitarmos qdo queremos negar.
    A vida às vezes parece que está na contra-mão, mas, passado um tempo, percebemos que tudo estava em seu devido lugar.
    A resposta sempre vem!^

    Bjs

    PS: Só pra contrariar, eu gostei e não ahcei piração… kkkkkkkk………

    Curtir

  9. Mariana Says:

    MM, faço coro às leitoras: Vc pirou de vez!!!!!!!!!!!!!
    Mas seu texto de hoje está irresistivel, já copiei e colei para toda minha lista de amigos.
    Confuso mas divino.
    Beijo grande

    Curtir

  10. Cristina Says:

    Marcelo, você pirou? Parece que sim.
    Tive que ler três vezes para entender, e ainda assim estou confusa.
    O que está escrito nas entrelinhas que esta mente não brilhante como a sua não consegue entender?

    Curtir

  11. Gabriela Says:

    Olá MM,
    Rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs.
    É de longe seu texto mais confuso que faz o maior sentido. Como este comentário!
    Amei amei amei amei.
    Isso é coisa de gênio, apesar de achar que você brinca com a mente das pessoas e faz essas coisas de própósito, como se quisesse fundir nossas cabeças.
    Conseguiu fazer isso com a minha.
    Beijos
    Gabi

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: