Enganando quem?

Aliança

Viemos ao mundo para satisfazer nossos Egos, certo? Acho que todo mundo concorda com isso, mesmo os que se acham politicamente corretos e têm dificuldades em admitir tal coisa, sei que no fundo eles concordam comigo. (Esse meu lado prepotente hoje ta demais)

Mas olha só que coisa engraçada: Muitas, senão a maioria das vezes, satisfazemos nossos Egos com a mentira. Loucura? E quem é que disse que somos normais?

Mentir tem efeito de droga, mesmo sem nunca ter me drogado, sei os efeitos: Euforia, bem estar e, depois que passa o efeito, depressão.

Pois é, ainda vou falar muito sobre essas mentiras que satisfazem, mas hoje serei mais específico, vou falar de relacionamentos amorosos. Tudo porque no sábado, vi e assisti uma infinidade de manifestações de comemoração ao Dia do Solteiro.

Ah, fala sério… será que todo mundo que se manifestou vangloriando-se de estar solteiro o fez com base na verdade? Óbvio que não. Vou explicar meu ponto de vista. Ponto de vista esse de quem já viveu de tudo nessa vida, já adorei ser solteiro tanto quanto adorei estar com alguém.

Mas tudo tem seu momento. Uma pessoa que esteja saindo de uma relação complicada vai ser sincera ao afirmar: Nada como está sozinho. Até aí tudo bem, não há mentira nisso, afinal, a última referência dessa pessoa é o desastre.

Mas e aquelas pessoas que já estão sem ninguém há um tempo? Essas pessoas comemoraram o Dia do Solteiro de verdade ou apenas se enganaram?

Por mais incrível que possa parecer, acho que tudo fica muito parecido entre homens e mulheres. Por mais que os machos de plantão acreditam cegamente que estar sozinho é a melhor opção, eu duvido dessa afirmação, acho de verdade que é cegueira absoluta.

Todo mundo quer alguém, parece até que esse é um dos sentidos da vida. Comemorar o dia do solteiro da forma como vi as pessoas se manifestarem foi no mínimo hipocrisia.

Gente dizendo que era a melhor coisa do mundo, etc, etc, etc. Tudo mentira, o que queriam mesmo é estar perto de alguém que fizesse a diferença em suas vidas. Sendo assim, por que é que se enganam? Por que enganam seus Egos dizendo-se felizes com o estado civil atual?

Bem, porque é o mais fácil a fazer. Mudar alguma coisa é sempre mais complicado do que aceitar a realidade em que se meteram. Os gordinhos não fazem nada para emagrecer e se definem como felizes do jeito que estão. As magrelas não querem engordar porque preferem achar que o modelo atual de beleza são ossos e não carne.

Em outras palavras, ou melhor, nas mesmas palavras, enganar o próprio Ego é o que lhes parece mais correto. Mas e lá na intimidade? Sabe quando deitamos no travesseiro ou nos colocamos na frente do espelho e ficamos pensando na realidade… será que é verdade que os solteiros estão mesmo felizes?

Como eu disse, acho que não, afinal, ter uma companhia é sempre bom, faz bem ao Ego. Claro, ainda vale o ditado: Antes só do que mal acompanhado.

A verdade nua e crua é que todo mundo quer ter alguém para chamar de seu. Só é preciso um certo cuidado para não nos tornarmos dependente do outro, assim como não devemos nos tornar dependentes da solidão.

Taí, dependência me parece um bom tema para um próximo texto… 

MM

Anúncios
Publicado em Ego. 7 Comments »

7 Respostas to “Enganando quem?”

  1. Tânia Says:

    É isso aí.
    Fundamental é mesmo o amor, é impossível ser feliz sozinho.
    Ter alguém, estar com alguém, sempre gera dependência.
    Ficamos dependentes sim, da outra pessoa, da companhia dela.
    Por mais que queira tapar o sol com a peneira, mente quem diz o contrário.
    Mente quem ousa negar isso.
    E outra coisa, ter alguém para chamar de “seu” é uma frase que retrata a mais pura possessividade.
    Possessividade também gera dependência.
    Gera o ciúme, que gera a insegurança, que gera a dependência.
    Enfim, é um círculo vicioso que muitos não se dão conta e não conseguem se ver livre dele.

    Curtir

  2. Ailda Moreira dos Santos Says:

    Marcelo, texto simples e polêmico. A simplicidade está na moda, e concordo com você mudar pra quê? se é comodo não fazer nada! parabéns.
    Abraços.

    Curtir

  3. Fernanda Says:

    Eu concordo!!

    Todo mundo procura sua cara-metade, a tampa da sua panela, alma gêmea ou sei lá o quê….

    Ninguém é feliz sozinho!

    bjo

    Curtir

  4. Lia Says:

    Acho que você tem razão. A rotina é um tanto chata ou não traz a felicidade tão sonhada mas por outro lado, conecemos todos os buracos do nosso caminho diário…Daí dá prá desviar e o carro chegar ao destino. Que destino?
    Vou esperar o próximo texto: Dependência, não é isso?
    Ansiosamente. Pelo menos de óculos escuros não dá prá ficar lendo seus textos…rsrs
    Beijo, Marcelo MM

    Curtir

  5. Eleonora Says:

    Boa tarde Marcelo,
    Sues textos são extremamente verdadeiros e isso pode incomodar algumas pessoas. Não tenho nada com isso, mas o intuido de ter um blog não é falar de coisas amenas? Você vai fundo demais nas suas reflexões e posições.
    Fui indicada por um amigo e sinceramente achei que você fala verdades em excesso.
    De qualquer forma, parabéns pelo seu trabalho, você escreve muito bem.
    Abraços,

    Curtir

  6. Camila Says:

    Ai.
    Essa doeu na alma.

    Curtir

  7. Carla Says:

    Olá Marcelo,
    Normalmente seus textos são um tapa na cara das pessoas, como bem escreveram no release do seu livro Descomporte-se. Mas este aqui, francamente, é um cruzado de direita. risos.
    Adorei e assumo, quero um homem pra chamar de meu!
    Possessiva assumida.
    Beijos

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: